Gestão Colaborativa com BIM

Quando profissionais da construção civil identificaram a necessidade de adicionar informações aos softwares de infraestrutura que permitissem a colaboração simultânea de grande número de pessoas simultaneamente surgiram as bases para a criação do Building Information Modeling (BIM), pelo americano Bilal Succar. Ele já definia BIM como “um conjunto em expansão de tecnologias, processos e políticas que permitiam que as várias partes interessadas (stakeholders) pudessem, de forma colaborativa, projetar, construir e operar os ativos construídos em plataforma eletrônica (ou seja, não física)”. O ganho já era muito grande.

Pesquisas demonstram que obras realizadas no mundo inteiro que utilizam o conceito BIM possuem uma redução de: 22% no custo de construção, 33% no tempo de projeto e execução, 33% nos erros em documentos, 38% de reclamações após a entrega da obra ao cliente e 44% nas atividades de retrabalho (Fonte: MCGRAW HILL CONSTRUCTION, 2012).

Atualmente, já no Brasil, que não é um dos mercados mais avançados mundialmente na infraestrutura, o BIM vem sendo executado com sucesso e números robustos de produtividade em alguns grandes empreendimentos. Dados do ano de 2021 mostram que, de modo geral, já conseguimos visualizar nas obras públicas no Brasil um ganho de produtividade com custos que chegam a 20% menores que os previstos. (fonte)

A indústria da construção civil está experimentando uma transformação sem precedentes com a incorporação do Building Information Modeling (BIM). Esta inovadora ferramenta de gestão não só facilita a identificação de desafios e problemas em projetos de construção, mas também permite abordá-los proativamente. A SEEL Engenharia está na vanguarda dessa mudança, adotando o BIM para melhorar a eficiência e a assertividade em seus projetos. Com o BIM, os engenheiros podem simular e otimizar processos construtivos em um ambiente virtual, economizando recursos significativos e evitando atrasos dispendiosos.

Identificando barreiras: como o BIM responde aos desafios modernos da construção

A metodologia BIM redefine o trabalho colaborativo na construção civil. Ela facilita a comunicação e a coordenação entre todas as partes envolvidas, desde a fase de planejamento até a conclusão da obra. A antecipação de problemas potenciais em uma plataforma virtual permite a tomada de decisões estratégicas antes que os desafios se tornem obstáculos reais. Este processo proativo é crucial para evitar perdas financeiras e garantir a entrega de projetos dentro do prazo e do orçamento.

A história do BIM começa com Bilal Succar, cujo trabalho pioneiro estabeleceu as bases para esta metodologia revolucionária. A eficácia do BIM é comprovada por estudos globais, que mostram reduções significativas nos custos de construção, tempo de projeto, erros documentais e retrabalhos. No Brasil, a implementação do BIM está trazendo mudanças notáveis na indústria da construção civil, com reduções de custo e incrementos de produtividade já visíveis em grandes empreendimentos.

Vantagens e diferenciais do uso do BIM

  1. Colaboração Aprimorada: O BIM promove uma interação mais eficiente entre diferentes disciplinas, melhorando a coordenação do projeto.
  2. Redução de Erros e Conflitos: A modelagem 3D permite identificar e resolver problemas de design mais cedo no processo.
  3. Eficiência no Ciclo de Vida do Projeto: O BIM vai além da fase de construção, auxiliando na manutenção e operação dos ativos.
  4. Estimativas de Custo Precisas: Com o BIM, as estimativas de custo são baseadas em dados detalhados e precisos.
  5. Sustentabilidade e Eficiência Energética: Esta metodologia suporta análises de desempenho ambiental, promovendo práticas sustentáveis.
  6. Padronização e Cumprimento de Normas: O BIM facilita a adesão a normas e regulamentos da indústria.
  7. Melhoria na Comunicação com Stakeholders: Modelos BIM são visuais e facilitam a compreensão do projeto.
  8. Gestão Eficiente de Mudanças: Permite atualizações contínuas, assegurando que todos os envolvidos tenham acesso às informações mais recentes.

Inovando e liderando a mudança com BIM

A SEEL Engenharia, reconhecendo a importância estratégica do BIM, iniciou uma jornada de imersão nesta tecnologia. A empresa promoveu workshops e parcerias para capacitar seus colaboradores, liderados por especialistas da indústria. Com o núcleo BIM e o Diagnóstico de Maturidade BIM, a SEEL está não apenas adotando uma nova ferramenta, mas também promovendo uma transformação cultural profunda, preparando-se para ser líder na indústria da construção civil moderna.